sexta-feira, 28 de julho de 2017

Inspiração familiar




Campeão mundial Sub 18, Weslley Dantas quer seguir os passos do irmão Guigui e comemorar o título do Maresia Paulista Pro.



Campeão mundial Junior, Weslley Dantas quer seguir os passos do irmão Guigui e comemorar o título do Maresia Paulista Pro. Foto: Munir El Hage.


Campeão mundial Junior e vindo de uma família que vive o surfe intensamente, Weslley Dantas é mais um grande destaque na segunda etapa do Maresia Paulista de Surf Profissional, que será disputada nestes sábado e domingo (29 e 30/7), na Praia Grande, em Ubatuba.





O surfista de 19 anos fala animado de competir “em casa” e revela que quer seguir os passos do irmão, top do CT e campeão paulista em 2014, no ano que garantiu vaga à elite mundial.


A competição tem início às 8 horas e para quem não puder estar na praia, há a transmissão ao vivo pela internet aqui. Serão 96 surfistas de 12 estados, disputando a premiação de R$ 30 mil, sendo R$ 8 mil ao vencedor, que também garante importantes 3 mil pontos no ranking Abrasp, na “corrida” pelo título brasileiro 2017.


Weslley chega à etapa em terceiro lugar no ranking e ficou feliz com a mudança de Maresias para Praia Grande para a segunda etapa. “Competir em casa é muito bom, porque você tem um alívio a mais. Conheço bem essa onda, é incrível, parece um pouco Trestles (Califórnia), quando está perfeita. E tenho uma expectativa boa para esse campeonato. Estou focado, bem de cabeça, pronto”, afirma.


“O título paulista é algo grandioso no surfe brasileiro. Uma conquista que via todo mundo comemorar. Vi o Guigui, meu irmão, o Hizu (Hizunomê Bettero) sendo campeões e o meu sonho é ganhar um paulista também. Seguir os passos do meu irmão. Vou fazer o meu melhor nessa etapa e agradeço a todos que estarão na torcida, à Maresia e a Federação Paulista por esse circuito”, fala Weslley.



1280x853
"Em casa", Weslley Dantas quer pódio e seguir na briga pelo título paulista. Foto: Munir El Hage.


Além do título mundial Junior, Weslley vem trilhando uma carreira de conquistas. No Paulista das categorias de base ganhou em todas as carreiras e como profissional já faturou o Sul-Americano Pro Junior e também o Ubatubense. O incentivo vem da família. Seus irmãos vivem o surfe. O mais velho, Wellington Carrane foi competidor e hoje é técnico de Guigui, enquanto que Suelen Naraísa tem no currículo o bicampeonato brasileiro.


Este ano, a abertura do Circuito foi realizada também em Ubatuba, na Praia de Itamambuca. Thiago Camarão, de São Sebastião, levou a melhor, com Wesley Leite, também de Ubatuba, em segundo lugar. A última vez que Praia Grande recebeu o Maresia Paulista foi em 2015, com vitória de Hizunomê Bettero. Outra atração do evento será a Overboard Expression Session, com R$ 1 mil ao vencedor. No final do Circuito, que terá três etapas, o campeão paulista ganhará uma moto 0k, oferecida pela Surf Trip, Kyw e Super Tubes.

O evento - O Maresia Paulista de Surf Profissional 2017 tem os patrocínios da rede de lojas Overboard, Surf Trip, Kyw e Super Tubes. Apoios de K Energy Drink, prefeituras de Ubatuba e São Sebastião, Associação Ubatuba de Surf e Associação de Surf de São Sebastião, Governo do Estado de Sã


 Texto de Fabio Maradei

FONTE........ http://waves.terra.com.br/waves/competicao/profissional/maresia-paulista-de-surf-pro-2017/noticias/inspiracao-familiar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname