terça-feira, 18 de julho de 2017

Hang Loose Surf Attack ....Alta procura

Na Estreante, Ryan Kainalo, defendendo Ubatuba, tenta manter a sequência de títulos paulistas (é bicampeão Petit). Foto: Munir El Hage.
Mais de 210 atletas confirmados. A segunda etapa do Nossolar apresenta Hang Loose Surf Attack 2017 terá o que há de melhor da nova geração, mantendo a tradição na revelação e formação de novos talentos.




 A competição está confirmada para sábado e domingo (22 e 23/7), na Praia de Maresias, em São Sebastião. Devido à grande procura, o evento terá disputas em dois picos simultaneamente no sábado, um deles utilizando o palanque fixo do Instituto Gabriel Medina.



O circuito, que completa 30 anos ininterruptos, tem os surfistas divididos em cinco categorias, dos caçulas da Petit, com 10 anos para baixo, até a Junior, os mais velhos, com limite de 18 anos. “Como teremos três campeonatos em sequência em Maresias, optamos por fazer o Hang Loose em dois dias, para beneficiar os atletas”, afirma o presidente da Federação Paulista de Surf, Sílvio da Silva, o Silvério, lembrando que logo após o Surf Attack, a praia será “palco” do CBSurf Tour Hang Loose Japan Trials e nova etapa do Maresia Paulista Pro, no outro final de semana.


“Queremos agradecer o apoio do Instituto Gabriel Medina, que está abrindo as suas portas para a realização de parte da etapa. O palanque fixo da sede do projeto foi bem projetado e muito funcional. E com essa atitude, a família Medina mostra mais uma vez o seu comprometimento com o desenvolvimento do surfe de base, não só em Maresias, mas do Brasil”, enaltece.



As baterias das cinco categorias já estão disponíveis aqui no site da Federação Paulista de Surf. No sábado e domingo, a competição terá transmissão ao vivo pela internet, para quem não puder ir até Maresias, acessando aqui. Na Junior, quem chega como líder é o catarinense Wallace Vasco. Na Mirim (no máximo 16 anos), Eduardo Motta, de Guarujá, saiu na frente em busca do bicampeonato. Na Iniciante (até 14 anos), a ponta do ranking está com o cearense Cauã Costa, mostrando a força do campeonato, com atletas de vários estados.



Na Estreante (12 anos para baixo), Ryan Kainalo, defendendo Ubatuba, tenta manter a sequência de títulos paulistas (é bicampeão Petit), enquanto que entre os caçulas da Sub 10, Daniel Duarte, de Bertioga, é o primeiro colocado. Já na disputa por cidades, Guarujá aparece na frente. Na areia, o evento apresenta atrações para a garotada nas tendas ao lado do palanque, com diversas brincadeiras e gincanas.



O evento - O Nossolar Construtora apresenta Hang Loose Surf Attack 2017 tem a organização da Federação Paulista de Surf, com patrocínios de Overboard Action Sports Store, Surftrip, Super Tubes e Hot Water. Copatrocínios de Rhyno Foam, CT Wax. Apoios: Governo do Estado de São Paulo, prefeituras de Santos, Guarujá, São Sebastião e Ubatuba, Associação Santos de Surf, Associação de Surf de Guarujá, Associação de Surf de São Sebastião e Associação Ubatuba de Surf. Divulgação: Waves e FMA Notícias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname