terça-feira, 4 de abril de 2017

Arashi Kato e Hizunomê Bettero foram os finalistas do Jack's Surfboards



Arashi Kato e Hizunomê Bettero foram os finalistas do Jack's Surfboards 
Pro. Foto: WSL / Andrew Nichols.

Hizunomê Bettero é o vencedor do Jack's Surfboards Pro 2017, encerrado neste domingo (2/4) em Huntington Beach, Califórnia, EUA. A prova é válida pela divisão de acesso do Circuito Mundial, com status QS 1500.

 

Em ondas de até 1 metro, o ubatubense derrotou o japonês Arashi Kato na final do evento, depois de somar 6.67 e 6.93 em suas duas melhores ondas na bateria decisiva. O placar final foi de 13.60 a 11.63 para o brasileiro, que ainda somou 1500 pontos na corrida por uma vaga para o CT em 2018 e saltou para 26ª colocação do ranking.

"Não tenho mais força depois de um dia incrível e estou amarradão por conseguir a minha primeira vitória depois de 10 anos no QS", diz Hizu. "É a melhor sensação de todas. Às vezes você pensa que nunca virá, mas se você continuar lutando por isso e acreditar em si mesmo, Deus vai te dar um dia abençoado. Eu já obtive segundos e terceiros, mas não há sentimento como vencer uma competição em que você deu tudo de si. Não posso acreditar que este dia é aqui", continua o campeão.
1400x900
Além de vencer, Hizu registrou as maiores pontuações do dia em Huntington. Foto: Nilton Baptista.

Na quinta fase, o ubatubense arrancou uma nota 9.43 dos juízes e registrou o maior somatório do dia (16.93), derrubando nomes como o ex-top da elite mundial Keanu Asing.

Hizu já teve a oportunidade de competir em uma etapa do CT há quase uma década, perdendo para Freddy Pattacchia na terceira fase em Imbituba (SC) e terminando em 17o lugar. Seu sonho de conquistar uma vaga na elite mundial continua e o salto de 105 posições no ranking do QS dá uma grande motivação ao atleta.

“Estou me dedicando inteiramente este ano e tentando competir em todos os QS10.000 possíveis, para ter uma chance de me classificar - eu acredito em mim”, revela Hizu. “Depois disso eu estou me sentindo muito mais confiante. Perdi duas vezes na segunda fase na Austrália e aí coloquei meu nome aqui e disse a mim mesmo que teria de fazer melhor do que isso. Sei que posso fazer melhor, mas às vezes você tem altos e baixos, e agora estou me sentindo muito abençoado”, finaliza o campeão.


http://waves.terra.com.br/waves/competicao/qs/hizu-vence-na-califa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname