sexta-feira, 14 de outubro de 2016

HANG LOOSE SURF ATTACK- DISPUTA ENTRE CIDADES É O DESTAQUE..........


O principal campeonato de base revelador de novos valores ao surfe brasileiro, o Hang Loose Surf Attack também tem como atrativo a disputa por cidades. Além de buscarem as vitórias individuais, os atletas somam pontos para suas equipes em cada etapa. Nos dias 22 e 23 de outubro, uma nova rodada pelo título estadual será realizada na terceira etapa do Circuito, na Praia da Baleia, em São Sebastião.



“A sadia rivalidade entre os times serve de incentivo para a molecada e esse é um título que pode gerar benefícios, como o apoio das prefeituras e até patrocínios para as equipes se estruturarem”, diz o presidente da Federação Paulista de Surf, Silvio da Silva, o Silvério.

“Além disso, há o prêmio de R$ 2 mil ao time campeão do ranking, oferecido pela Federação. É uma competição extra, mas que também acaba incentivando os atletas e existe a integração entre todos da mesma cidade”, complementa Silvério, no comando do evento, junto com Marcos Bukão, desde a sua criação, em 1988 (e com o patrocínio da Hang Loose desde 95).

Após duas etapas, o ranking está embolado entre as três cidades que sempre polarizam os primeiros lugares. Ubatuba está na frente, com 1.900, seguido de São Sebastião, com 1.810, e Guarujá, com 1.710. Em quarto aparecem, já mais distantes, Praia Grande e Itanhaém, com 1.320.

1225x1226
Disputa entre cidades também será atração na terceira etapa do Hang Loose Surf Attack. Foto: Munir El Hage.
No ano passado, Guarujá levou a melhor, com 3.810 pontos em 4.000 disputados, quebrando a sequência de dois anos de São Sebastião na ponta. Ubatuba ficou em segundo, com 3.610 e os sebastianenses em terceiro, com 3.420. “Vamos tentar levar novamente esse caneco. É meu último ano de mandato e quero encerrar com chave-de ouro”, afirma o presidente da Associação de Surf de Guarujá, Paulo Gonçalves.

“Guarujá vem sempre mostrando resultados, inclusive com o atual campeão mundial, o Adriano de Souza, que competiu e venceu muito no Hang Loose, e será muito bom mais essa conquista”, reforça o dirigente, mais conhecido no surf como Paulinho Tomboys ou Lobisomem.

O campeonato reúne 150 surfistas, nas categorias júnior (até 18 anos), mirim (limite de 16 anos), iniciante (no máximo 14 anos), estreante (sub12) e petit (10 anos para baixo). Fora do mar, há várias atrações, como ping pong, pebolim, slackline e gincanas socioambientais para conscientização dos atletas, além da distribuição de frutas.

O evento - O Hang Loose Surf Attack tem a organização da Federação Paulista de Surf, com patrocínios de Overboard Action Sports Store, Hot Water, Super Tubes, Surftrip, Sthill Wet Land e Sunpeak Surf. Apoios de Rhyno Foam, CT Wax, Waves, FMA Notícias, DFS Gol Business e Governo do Estado de São Paulo. Colaboração das prefeituras de Santos, Guarujá, São Sebastião e Ubatuba, Associação Santos de Surf, Associação de Surf de Guarujá, Associação de Surf de São Sebastião e Associação Ubatuba de Surf.

Ranking após duas etapas

1 Ubatuba – 1.900
2 São Sebastião – 1.810
3 Guarujá – 1.710
4 Praia Grande – 1.320
4 Itanhaém – 1.320
6 Santos – 1.312
7 Peruíbe – 1.009
7 Bertioga – 1.009
9 São Vicente – 860
10 Ilha Comprida – 774

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname