terça-feira, 28 de junho de 2016

SURFISTA UBATUBENSE FATURA O SUB 16 NO CIRCUITO MEDINA ASM 2016 EM MARESIAS.

Caio Costa foi um dos destaques na classificação final (Foto: Circuito Medina/Divulgação)
Caio Costa foi um dos destaques na classificação final
Divulgação
No sábado e domingo (25 e 26), foi realizada na praia de Maresias, na Costa Sul de São Sebastião, a etapa inicial do Circuito Medina/ ASM 2016, prestigiada pelo próprio, Gabriel Medina.
Inspirados pelo primeiro brasileiro campeão mundial de surf, o campeonato reuniu 124 surfistas com até 16 anos de idade, divididos em seis categorias, que demonstraram um alto nível técnico nas ondas da praia de Maresias.


As vitórias ficaram com Daniel Adisaka, de Ubatuba, e Maju Freitas, do Rio de Janeiro, na Sub-16; Eduardo Motta, de Guarujá, na Sub-14; os talentos locais Caio Costa e Pamella Mel, na Sub-12; e Ryan Kainalo, de São Paulo, na Sub-10. Maju foi um dos grandes nomes do final de semana, garantindo a maior nota do evento, um 9,5 e depois demonstrou superação ao competir e vencer depois de passar mal no sábado.
Também foram destaques Eduardo Motta, sendo o vice na Sub-16; Caio Costa, com o terceiro na Sub-14; e Ryan Kainalo, com o segundo lugar na Sub-12. Outro surfista que chamou a atenção foi o pequeno Murilo Coura, 9, de São José dos Campos, segundo lugar na Sub-10. Para completar a lista dos principais nomes da etapa, Sophia Medina, a irmã caçula de Gabriel Medina, segundo lugar na Sub-12 e o quinto na Sub-16.
A local Pamella Mel, aproveitou as ondas do inside para garantir a vitória. Sophia Medina e Camilly Oliveira tentaram ir para o outside, atrás de ondas maiores, mas foi difícil superar a rebentação. Saíram chorando da bateria, tristes por não ter conseguido pegar as ondas desejadas. Sophia terminou em segundo, Naire Marques, de Ubatuba, foi a terceira e Camilly completou o pódio. “Foi muito legal começar vencendo, competir com a Sophia, numa etapa bem forte”, disse Pamella. “E agora teremos o Instituto. Quero participar e o legal é que como eu e a Sophia estudamos de manhã, treinaremos juntas de tarde”, acrescentou a surfista, em relação ao Instituto.
Entre os meninos com até 12 anos, Ryan voltou ao mar, mas quem levou foi Caio Costa. Lúcio Rosario, de Ubatuba, ficou em terceiro e o santista Yuri Beltrão, em quarto. “Foi muito boa essa vitória. Ainda mais em casa. E tenho a chance de participar do Instituto. Será demais. Um grande incentivo para a carreira de qualquer atleta”, disse Caio que na Sub-14, tentou fazer uma dobradinha, sendo superado por Eduardo Motta, que virou o resultado no último minuto, para superar Kauê Germano, também de São Sebastião. Kauai Lobato, outro sebastianense, foi o quarto colocado. “Estava bem confiante. E graças a Deus peguei onda boa”, falou Mottinha, também enaltecendo o patrocínio de Medina ao Circuito. “Muito irado esse investimento nos atletas da nova geração”, elogiou.
Resultados virados
A última final do dia foi marcada por muita emoção com várias viradas de resultados, entre Eduardo Motta, Daniel Adisaka e o talento local, Heitor Duarte. Os três estiveram na frente em algum momento. Nos minutos finais, Daniel iniciou uma recuperação, primeiro com uma nota 7, com apenas uma manobra bem-feita, e depois com um 6,5, tirando a segunda vitória de Mottinha, que ainda tentou recuperar a ponta, mas caiu na onda.
Vale destacar que, como forma de aprendizagem para a nova geração, as categorias Sub-14 e Sub-16 já utilizaram o sistema de prioridade, como os circuitos profissionais. “Deu super-certo para a molecadinha aprender. É uma evolução”, comentou o juiz Marcelo Papel Nunes.
No total, o Circuito terá três etapas. A próxima disputa está marcada para os dias 30 e 31 de julho e a final nos dias 19 e 20 de novembro, quando o Instituto será inaugurado por Gabriel Medina. Os quatro primeiros colocados de cada categoria, que sejam de Maresias, serão convidados a fazer parte da equipe do Instituto Medina, além de ganharem pranchas. O Circuito também terá como premiação passagens aéreas para a Califórnia (EUA) aos campeões da Sub-16 (Masculino e Feminino), Sub-14 e Sub-12 (ambas no Masculino). Nessas etapas, serão distribuídos troféus e kits.

A praia de Maresias durante a disputa
Divulgação
A praia de Maresias durante a disputa (Foto: Circuito Medina/Divulgação)
Instituto Gabriel Medina
O Circuito Medina é considerado o primeiro passo para a criação do Instituto Gabriel Medina, que iniciará as atividades em 2017, com a proposta de preparar técnica e fisicamente novos valores do surf com a mesma metodologia utilizada com o campeão mundial de 2014. Os quatro melhores surfistas de Maresias de cada categoria serão convidados a participar da primeira turma da iniciativa.
“Foi muito legal ver a molecada surfando bem e o circuito sendo um sucesso. Temos certeza de que teremos grandes talentos no Instituto”, disse o campeão mundial, revelando que pretende interagir com os participantes. “Eu e meu pai queremos estar sempre perto”, afirmou o surfista. “Ficamos bem felizes com o resultado do campeonato. O nível técnico foi excelente; a molecada surfou muito bem”, complementou Charles, pai e técnico de Medina.
O Circuito Medina/ASM 2016, realizado pela Prefeitura via Departamento de Esportes Náuticos da Secretaria de Esportes, e Associação de Surf de Maresias (ASM) com apoio da Federação Paulista de Surf, Associação de Surf de São Sebastião e Somar, além de vários outros colaboradores e patrocínios diversos. ***
Confira os resultados dos surfistas locais
Sub-16 Masculino
3º Heitor Duarte | Maresias
4º Pedro Dib | Cambury
Sub-14 Masculino
2º Kauê Germano | Juquehy
3º Caio Costa | Maresias
4º Kauai Lobato| Cambury
Sub-12 Masculino
1º Caio Costa | Maresias
Sub-12 Feminino
1º Pamella Mel | Maresias
2º Sophia Medina | Maresias
4º Camilly Oliveira | Maresias
Sub-10 Masculino
4º Davi Vertulli | Juquehy e Pedro Dib | Cambury
Sub-14 Masculino
2º Kauê Germano | Juquehy
3º Caio Costa | Maresias
4º Kauai Lobato | Cambury
Sub-12 Masculino
1º Caio Costa |Maresias
Sub-12 Feminino
1º Pamella Mel | Maresias
2º Sophia Medina | Maresias
4º Camilly Oliveira | São Sebastião


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname