domingo, 20 de setembro de 2015

Segundo dia do Brasileiro de SUP Wave, em Ubatuba, é marcado por disputas eletrizantes. Finais serão neste domingo.


Super SUP 2015 - Dia 02. Foto: Fabio Mota / São Sebá SUP




























O funil apertou neste sábado (19), durante o segundo dia de disputas do Super SUP 2015, primeira etapa do Circuito Brasileiro de SUP Wave 2015, o Super SUP, que também realizará a terceira etapa da modalidade Race, neste domingo, dia 20.
O dia teve início com a fase de repescagem e ondas com boa formação e cerca de um metro em séries maiores. Em seguida, foi a vez da segunda fase, com destaque para os 17,90 pontos conquistados por Caio Vaz (RJ), melhor somatória da fase. Seu Irmão, Ian (RJ), atual campeão brasileiro também começou bem a manhã e mostra que vai jogar duro para manter o título em casa.
Na terceira rodada o garoto Felippe Gaspar (SP) e Andriano Trinca Ferro (SC) levantaram a praia com performances arrasadoras, muita troca de borda, progressividade de manobras e uso impecável dos remos na condução da prancha.



Eles se juntam a Leco Salaza (SP), Lucas Medeiros (ES), Erik Miyakalma (SP), Wellington Reis (SP), Ian Vaz (RJ), Bruno Medeiros (ES), Caio Vaz (RJ) e Carlos Martins (RJ), para as disputas das quartas de finais, marcadas para amanhã, domingo, com primeira chamada às 8h.
O dia se encerrou com duas baterias especiais: Kids e Junior. E a molecada mostrou que o futuro do esporte está assegurado se depender do talento desses jovens SUP surfistas.
Daniel Adiaka (irmão da top Aline Adisaka), local de Ubatuba (SP), foi o grande vencedor da Junior, com destaque para a joven Louise Foumento, filha do shaper Luis Juquinha, local do Guarujá (SP), que, competindo contra os garotos, conquistou a terceira colocação. Pedro Bessa (SP) foi o segundo colocado e Wilian Cameron (SP) competou o pódio na quarta colocação.
Na Kids, o grande vencedor foi Kauan Terra, local de Ubatuba (SP), que surfou em casa e fez a alegria da torcida, em especial, de seu pai Marco Antonio C. Carvalho, grande incentivador de Kauan. Guilherme Cunha (SP), tricampeão brasileiro de SUP race na categoria Kids, mostrou que também manda bem nas ondas conquistando a segunda colocação. Kauai Pinheiro (RJ) foi o terceiro colocado, seguido por Theo de Camargo (SP), em quarto lugar, Cassian Cursi (SP), em quinto e Guilherme Gaspar (SP), em sexto.
Com um formato Grand Slam e R$ 20 mil de premiação, o Super SUP é o primeiro evento de 2015 a reunir os melhores praticantes de SUP Wave e Race do Brasil em uma mesma competição.
As disputas de SUP Race, válidas pelo campeonato brasileiro, acontecem neste domingo, logo após a realização das finais de Wave, com início previsto para as 8h.


ACOMPANHE AO VIVO
O Super SUP 2015 está pode ser acompanhado ao vivo pelo SupClub - clique aqui.


http://waves.terra.com.br/stand-up-paddle/sup-club/competicoes/super-sup-aperta-o-funil-entre-os-pros


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname