terça-feira, 19 de maio de 2015

"Uma das melhores coisas da minha vida", diz Toledo, sobre nota 10 no Rio

A torcida brasileira tem um novo xodó. Com manobras ousadas e muito carisma, Filipe Toledofaturou o Rio Pro e encantou o público que compareceu ao Postinho, na Barra da Tijuca, para ver os astros da elite do surfe mundial. No dia seguinte ao título, o paulista de Ubatuba colhe os frutos do feito. Convidado do programa “Mais Você”, de Ana Maria Braga, Filipinho falou sobre o que sentiu ao tirar a nota 10 que encaminhou a conquista da etapa diante de um público tão caloroso:
- Difícil explicar a sensação. Primeira coisa que pensei foi no meu joelho, no meu tornozelo – brincou - Quando terminei o aéreo, a sensação que pensei que foi uma manobra que ficou perto da perfeição. O publico gritando lá na praia foi uma das melhores coisas da minha vida.
Filipe Toledo, Miguel Pupo, Alejo Muniz e Jadson André no programa "Mais Você" (Foto: Reprodução/Instagram)Filipe Toledo, os pais e os amigos, Miguel Pupo, Alejo Muniz e Jadson André no "Mais Você" (Foto: Reprodução/Instagram)








Dono de aéreos espetaculares, Filipinho conta que se inspirou no irmão mais velho Matheus para treinar a acrobática manobra, hoje sua grande especialiade:


- Treinei bastante. Eu assistia meu irmão mais velho Matheus. Ele foi um dos primeiros a começar com esse surfe moderno. Desde novinho tentava fazer igual a ele, acho que por isso consigo fazer com tanta perfeição - revelou.
Filipe Toledo foi ao programa com o pai Ricardinho e a mãe Mari. Vice-líder do ranking mundial, o atleta aproveita a ocasião para matar a saudade da família. Como surfista profissional, ele precisa rodar o mundo para disputar as etapas e mal tem tempo para ficar em casa com os pais e os irmãos.
- Pelo fato de viajarmos mundo todo, ficamos longe da família, temos que abrir mão e se dedicar ao nosso objetivo. Tem que viver literalmente pelo surfe. Se não for 100% para o surfe, não conseguimos - conta o surfista, que há 10 meses tem a Califórnia, nos EUA, como residência e viaja pelo mundo apenas com o pai Ricardinho, seu treinador.
E por falar em família, Filipinho levou ao programa alguns dos amigos também membros do "Brazilian Storm": Italo Ferreira, Jadson André, Miguel Pupo e Alejo Muniz. Eles são praticamente a família do surfista em boa parte do ano, durante as competições. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname