sábado, 2 de maio de 2015

Filipe Toledo quer recuperar liderança na etapa do Brasil: "Melhorar sempre"

Terceiro colocado do ranking mundial faz treino de luxo em Lower Trestles, nos EUA, etapa do ranking de acesso à elite que conta com presença de tops como Kelly Slater.




Campeão da etapa de abertura do Circuito Mundial, na Gold Coast australiana, vestindo a camisa amarela na parada seguinte, Filipe Toledo volta ao Brasil nesta segunda-feira confiante. O treino de luxo em Lower Trestles, em San Clemente, na Califórnia, no Lowers Pro, etapa válida como QS 10.000 na Divisão de Acesso e que conta com a presença de nomes como o mito americano Kelly Slater, com encerramento previsto para este sábado. Depois de uma rápida passagem por Ubatuba (SP), ele irá para ao Rio de Janeiro, desembarcando na cidade no dia 8. Terceiro colocado do ranking mundial, com 15.700 pontos, Filipinho tem como principal objetivo conquistar recuperar a liderança na etapa carioca. A janela do campeonato fica aberta entre os dias 11 e 22 de maio. No topo, está outro brasileiro, Adriano de Souza, o Mineirinho, com 24,500. 
Filipe Toledo repescagem Mundial de surfe Margaret River Austrália (Foto: WSL)Filipe Toledo está em terceiro do ranking mundial e busca recuperar a liderança no Rio de Janeiro (Foto: WSL)
Caçula da elite do surfe mundial, aos 20 anos, Filipinho teve uma eliminação precoce na última etapa do Mundial, em Margaret River, ficando em 25º lugar, mas tem um título na Gold e um quinto lugar em Bells Beach. No fim da temporada, depois de 11 etapas pelo mundo, os dois piores resultados são descartados. Um dos pontos do ano de Toledo até o momento foi a primeira etapa da perna australiana, na qual ele teve um desempenho impecável e derrotou o ídolo local Julian Wilson em uma final emocionante por incríveis 19,60 a 14.70, com uma onda perfeita que rendeu a ele uma nota 10. 

- A "vibe" é a mesma. Sempre tive vontade de vencer no Brasil e espero que seja desta vez. Os treinos não param em busca dos meus objetivos - disse Filipinho. 
Filipe Toledo comemora o título da etapa de abertura do Circuito Mundial de surfe em Gold Coast na Austrália (Foto: WSL / Kirstin Scholtz)Filipe Toledo comemora o título na etapa de Gold Coast, na Austrália (Foto: WSL / Kirstin Scholtz)
No ano passado, o paulista de Ubatuba terminou a temporada foi o 13º colocado na etapa carioca, mas demonstra entusiasmo. 
- A meta é melhorar sempre - analisou Toledo, que disse ainda que irá participar de outra competição no Brasil, pela Divisão de Acesso, o QS Prime de Maresias, no litoral paulista, onde sagrou-se campeão edição inaugural, no ano passado. 

Depois da etapa brasileira, ele participará das gravações do novo filme do amigo John John Florence, na costa do Rio de Janeiro. E já projeta bons resultados nas etapas de Fiji, Jeffreys Bay, na África do Sul, e Teahupoo, no Taiti. 
- Será uma megaprodução e foi uma honra ser convidado - afirmou Filipinho, já está de olho nos próximos eventos - O trabalho é físico! Não temos muito tempo pra ficar viajando e treinando em outros picos, como gostaríamos, então só o tempo para nos trazer a experiência necessária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname