domingo, 14 de dezembro de 2014

RENATA BALDAN VENCE MAIS UMA LUTA MMA SUPER HEROES 3




Renata Baldan vence combate acirrado no MMA Super Heroes 8 e conquista sua quarta vitória

Após três rounds duríssimos no co main event da noite, da 8ª edição do MMA Super Heroes, Renata Baldan de Ubatuba superou sua rival Luciana “13” por decisão unânime dos jurados no domingo, 7, no Ginásio Mané Garrincha em São Paulo, conquistando assim a sua quarta vitória.
Renata Baldan é um dos grandes destaques do WMMA nacional em 2014, com cinco lutas na carreira. Ela possui agora quatro vitórias e apenas uma derrota no seu cartel. 
Mãe de três filhos, a lutadora estreou em março deste ano derrotando Bruna Matos por decisão unânime no MMA Super Heroes 3. Na mesma noite derrotou Michele Angelo por nocaute técnico e conquistou o GP peso palha da organização. Dois meses depois, ela retornou e conquistou a terceira vitória na carreira contra Maristela Costa por nocaute técnico no primeiro round e ao mesmo tempo cravou seu nome como um dos maiores destaques da organização. Em agosto, sofreu a sua primeira e única derrota até o momento para Aline Sattelmayer que com um mata-leão definiu o combate no terceiro round, um resultado que surprendeu todo o público presente no MMA Super Heroes 5.
No domingo, Renata Baldan, que já é conhecida como “Spider man de saias”, entrou no Ginásio Mané Garrincha de salto alto azul ao som de “Beijinho no ombro” de Valesca Popozuda, que já virou uma de suas marcas registradas e enfrentou Luciana “13” permanecendo no comando na maior parte do tempo do combate. 
O combate
No início do primeiro round, Luciana “13” acertou 2 chutes baixos em Renata e as duas partiram para a trocação mas Baldan conseguiu logo derrubar Luciana e tentou encaixar um katagatame que foi defendido. Com a meia guarda, Baldan aplicou vários golpes no rosto de Treze e montada, tentou o estrangulamento. Baldan permaneceu a maior parte do tempo em cima da adversária que só conseguiu se levantar segundos antes do toque do final do round.
Logo no início do segundo round, Luciana tentou um chute frontal que foi aproveitado por Renata que logo pegou a perna de “13” e desferiu bons jabs. No clinch, Renata derrubou e Luciana caiu por cima na montada pegando Renata pelas costas mas Baldan conseguiu se livrar do estrangulamento. Em seguida, Luciana pegou novamente o pescoço e tentou ajustar o mata-leão do qual Renata se livrou mas permaneceu em posição difícil, até que com muita paciência e calma inverteu a posição de onde pode encaixar bons golpes. Surpreendendo o público, Renata levantou-se e pediu para Luciana também se levantar, posição esta em que partiram para a trocação franca encerrando assim o round.
No round final, Luciana começou acertando um bom jab em Renata que foi pra cima, com várias trocações, e apesar do aparente cansaço de ambas, Renata conseguiu pegar o pescoço de Treze, mas o juiz interrompeu e colocou as atletas no centro do Cage. No clinch, Luciana tentou derrubar, mas Renata caiu por cima na montada. Luciana fez a reversão e não esperava a explosão de Baldan. As duas lutadoras tentaram encaixar a chave de calcanhar mas não conseguiram e Luciana foi pras costas de Baldan que segurou os braços de Luciana e com a mão esquerda acertou alguns golpes até o anúncio do final do combate acirrado.
Por decisão unânime dos jurados – 29 a 28, Renata Baldan venceu Luciana “13”.
Após declarada como vencedora da batalha, Renata Baldan, muito emocionada com a conquista, ainda no octógono,agradeceu ter sido recebida novamente no MMA Super Heroes, afirmou que a adversária Luciana era de fato boa e que havia se preparado muito para esse momento treinando nos últimos meses judô e kung fu. Agradeceu, inclusive, a todos que contribuíram pela sua vitória, ao marido, Rafael Irineu, aos treinadores, Mestres Josino, Roger, Milton, Zezinho, Dr. Gabriel, aos apoiadores e patrocinadores.

Especialmente ao Jornal A Cidade, no decorrer da semana declarou "meus treinos mudaram totalmente, ficamos trabalhando minhas deficiências. Desde a minha derrota observamos onde deveria melhorar e atacamos isso!
Meus mestres focaram em me deixar forte mentalmente e isso foi primordial.
Agradeço ao mestre Josino Sousa, ao Sensei Roger e Zezinho pelo Judô, ao meu professor de Kunk Fu, Milton Francisco e ao professor Fofão. Tudo isso junto me fez vencedora!
O Muay Thai já está na veia. Agradeço  aos apoiadores Refugio da Louca Restaurante, Shopping Fluir, Cimenthuba lajes, Raf Hard, Winner academia, Lojinha da Lud e ao  salão WJ."S

Após três rounds duríssimos no co main event da noite, da 8ª edição do MMA Super Heroes, Renata Baldan de Ubatuba superou sua rival Luciana “13” por decisão unânime dos jurados no domingo, 7, no Ginásio Mané Garrincha em São Paulo, conquistando assim a sua quarta vitória.
Renata Baldan é um dos grandes destaques do WMMA nacional em 2014, com cinco lutas na carreira. Ela possui agora quatro vitórias e apenas uma derrota no seu cartel.







Mãe de três filhos, a lutadora estreou em março deste ano derrotando Bruna Matos por decisão unânime no MMA Super Heroes 3. Na mesma noite derrotou Michele Angelo por nocaute técnico e conquistou o GP peso palha da organização. Dois meses depois, ela retornou e conquistou a terceira vitória na carreira contra Maristela Costa por nocaute técnico no primeiro round e ao mesmo tempo cravou seu nome como um dos maiores destaques da organização. Em agosto, sofreu a sua primeira e única derrota até o momento para Aline Sattelmayer que com um mata-leão definiu o combate no terceiro round, um resultado que surprendeu todo o público presente no MMA Super Heroes 5.




No domingo, Renata Baldan, que já é conhecida como “Spider man de saias”, entrou no Ginásio Mané Garrincha de salto alto azul ao som de “Beijinho no ombro” de Valesca Popozuda, que já virou uma de suas marcas registradas e enfrentou Luciana “13” permanecendo no comando na maior parte do tempo do combate.
O combate
No início do primeiro round, Luciana “13” acertou 2 chutes baixos em Renata e as duas partiram para a trocação mas Baldan conseguiu logo derrubar Luciana e tentou encaixar um katagatame que foi defendido. Com a meia guarda, Baldan aplicou vários golpes no rosto de Treze e montada, tentou o estrangulamento. Baldan permaneceu a maior parte do tempo em cima da adversária que só conseguiu se levantar segundos antes do toque do final do round.
Logo no início do segundo round, Luciana tentou um chute frontal que foi aproveitado por Renata que logo pegou a perna de “13” e desferiu bons jabs. No clinch, Renata derrubou e Luciana caiu por cima na montada pegando Renata pelas costas mas Baldan conseguiu se livrar do estrangulamento. Em seguida, Luciana pegou novamente o pescoço e tentou ajustar o mata-leão do qual Renata se livrou mas permaneceu em posição difícil, até que com muita paciência e calma inverteu a posição de onde pode encaixar bons golpes. Surpreendendo o público, Renata levantou-se e pediu para Luciana também se levantar, posição esta em que partiram para a trocação franca encerrando assim o round.
No round final, Luciana começou acertando um bom jab em Renata que foi pra cima, com várias trocações, e apesar do aparente cansaço de ambas, Renata conseguiu pegar o pescoço de Treze, mas o juiz interrompeu e colocou as atletas no centro do Cage. No clinch, Luciana tentou derrubar, mas Renata caiu por cima na montada. Luciana fez a reversão e não esperava a explosão de Baldan. As duas lutadoras tentaram encaixar a chave de calcanhar mas não conseguiram e Luciana foi pras costas de Baldan que segurou os braços de Luciana e com a mão esquerda acertou alguns golpes até o anúncio do final do combate acirrado.
Por decisão unânime dos jurados – 29 a 28, Renata Baldan venceu Luciana “13”.
Após declarada como vencedora da batalha, Renata Baldan, muito emocionada com a conquista, ainda no octógono,agradeceu ter sido recebida novamente no MMA Super Heroes, afirmou que a adversária Luciana era de fato boa e que havia se preparado muito para esse momento treinando nos últimos meses judô e kung fu. Agradeceu, inclusive, a todos que contribuíram pela sua vitória, ao marido, Rafael Irineu, aos treinadores, Mestres Josino, Roger, Milton, Zezinho, Dr. Gabriel, aos apoiadores e patrocinadores.
Especialmente ao Jornal A Cidade, no decorrer da semana declarou "meus treinos mudaram totalmente, ficamos trabalhando minhas deficiências. Desde a minha derrota observamos onde deveria melhorar e atacamos isso!
Meus mestres focaram em me deixar forte mentalmente e isso foi primordial.
Agradeço ao mestre Josino Sousa, ao Sensei Roger e Zezinho pelo Judô, ao meu professor de Kunk Fu, Milton Francisco e ao professor Fofão. Tudo isso junto me fez vencedora!

FONTE............Jornal A Cidade Ubatuba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname