segunda-feira, 24 de março de 2014

Suelen Naraísa de Ubatuba para o Peru





Por Ernesto Zambon - Jornal  A  Cidade Ubatuba

O Peru volta a ser palco de um grande evento internacional da Association of Surfing Professionals, com o Rip Curl Girls Pro Qualifying Series apresentado pela Powerade nos dias 20 a 23 de março no balneário de San Bartolo, em Lima.
Em fevereiro, aconteceu o Huanchaco Longboard Pro, com o peruano campeão mundial Piccolo Clemente conquistando seu segundo título no campeonato junto com o primeiro da brasileira Atalanta Batista no Circuito Mundial de Longboard da ASP em Trujillo, no norte do país andino. Agora é a vez das pranchinhas no evento exclusivo para as meninas que vale como quarta etapa do ASP Womens Qualifying Series 2014, cujo ranking classifica seis surfistas para a elite mundial do WCT.





Um total de quarenta surfistas de treze países já confirmou participação no Rip Curl Girls Pro em San Bartolo. A maioria das inscritas antecipadamente pelo sistema online da ASP South America é dos Estados Unidos, com oito competidoras. Depois vem o Brasil com sete, Peru com cinco, Japão com quatro, Austrália e Havaí com três atletas cada, França, Espanha e Chile com duas, além da África do Sul, Equador, Porto Rico e Barbados, que terão uma representante defendendo seus países no Peru.
No ano passado, o Rip Curl Girls Pro estreou no calendário mundial da ASP nas ondas de Punta Rocas, em Punta Negra, mais ao sul de San Bartolo, sendo encerrado com uma final peruana vencida por Anali Gomez. A vitória sobre a campeã mundial de 2004, Sofia Mulanovich, valeu o título sul-americano profissional da ASP South America para ela. Mas este ano, além desta etapa no Peru, está prevista mais uma no Brasil, o Mahalo Surf Eco Festival em outubro na Bahia. Se for mesmo confirmada, esta prova vai decidir o título sul-americano feminino de 2014.
Pelo Brasil estão incritas sete surfistas: Silvana Lima, Jacqueline Silva, Nathalie Martins, Gilvanita Ferreira, Carol Fernandes e Karol Ribeiro e Suelen Naraísa que é daqui de Ubatuba.
Falando com exclusividade diretamente do Peru, via internet, com nosso repórter Ernesto Zambon, Suelen disse: "Estou há mais de um ano sem competir uma etapa do circuito mundial por falta de patrocínio. Estou muito empolgada e feliz por estar tendo esta oportunidade novamente e vou dar o meu melhor. Agradeço aos meus parceiros Soulsforjesus, Wizard e Wave grip e a todos que torcem por mim.”.
Com certeza Ubatuba estará torcendo pela classificação de Suelen e também desejando sucesso em mais essa competição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname