segunda-feira, 23 de setembro de 2013

15 anos do Circuito Paulista Universitário de Surf foi comemorado na Praia de Itamambuca





Ubatuba recebeu neste final de semana surfistas e famílias de todo o Estado

O Circuito de Surf estudantil mais tradicional do mundo completou 15 anos neste final de semana da Praia de Itamambuca, conhecida internacionalmente pelas boas condições para a prática do esporte. A participação de 108 atletas de Anhembi Morumbi, Mackenzie, ESPM, Belas Artes, USP, INSPER, FMU, GV, PUC, FAAP, entre outras mais de 40 instituições de ensino superior, garantiu a comemoração com estilo, diversas atrações e participação de grande público. 





Muito mais do que um campeonato, o Circuito Paulista Universitário de Surf vem reunindo desde 1999 estudantes de todo Estado, em clima de integração e diversão, valorizando a união do esporte com educação, cultura, arte, música, meio ambiente, entretenimento e responsabilidade social.

O evento é atualmente o maior e mais importante da categoria no mundo, atraindo cerca de 100 mil participantes por ano através de suas ações promocionais, festas, etapas nas praias e do concurso Garota Universitária.

Para celebrar esses 15 anos de sucesso a 1ª etapa do Circuito Paulista Universitário de Surf foi prestigiada na região norte de Ubatuba pelo público que gosta de surf, famílias e jovens preocupados com seu futuro pessoal e profissional e que conseguiram, com empenho e dedicação, conciliar a formação acadêmica com a prática do esporte, contribuindo para a evolução do surf e mostrando porque este é um dos esportes que mais evoluiu e aumentou o número de adeptos no mundo todo. Só no Brasil, o esporte tem diversos programas de televisão, centenas de websites, associações, lojas, confecções, fábricas, gerando milhares de empregos e aquecendo economias inclusive em cidades que não tem praia, no interior dos Estados.

Além do esporte e entretenimento o evento que teve início `as 08h30 da manhã de sábado (21) com a categoria Open Universitária e foi transmitida ao vivo pelo site do Ibrasurf, todos os competidores e público puderam contribuir com a Ação Social feita no local recebendo doações de alimentos não perecíveis e foram arrecadados mais de 200 quilos de alimentos para ações solidárias.

Em ondas em torno de meio metro e algumas séries maiores, Kalani Silva se posicionou bem e ficou com a primeira colocação, seguido de Magno Pacheco em segundo, a terceira posição ficou com Kadu Medeiros e o quarto lugar com Wesley Moraes. Já na categoria Paulistana, Giovanni Contes subiu ao lugar mais alto do pódio depois de superar Rafael Bruno Romano seguido por Rafael Spitalet e Sergio Faria. No feminino um show de Simone Nunes, de Peruíbe (SP), seguida por Renata Monteiro em segundo, Larissa Ferreira em terceiro e Lívia Lopes em quarto.

Segundo Alexandre Zeni da IBRASURF(Instituto Brasileirode Surf), a cidade de Ubatuba entrou como parceira tradicional do evento quando sediou a primeira etapa do Campeonato na Praia Vermelha do Norte em 1997. ” Em Ubatuba a gente se sente em casa, ficamos muito agradecidos pela recepção da Associação de Surf de Ubatuba, a AUS, o pessoal da Itamambuca, a Secretaria de Turismo e da Prefeitura Municipal.”


FONTE ASSESSORIA DE IMPRENSA - PMU

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname