sábado, 31 de agosto de 2013

Future Surf Camp – a próxima geração da Brazilian Storm






os dias 28, 29 e 30 de agosto rolou o Future Surf Camp em Ubatuba, evento realizado pela Red Bull que leva ao mar os novos talentos do surf. Por ali, só tinha a garotada de até 15 anos de idade, uma turma que mesmo jovem, já tem tudo para representar o Brasil lá fora, e fazer parte de uma nova geração dos “Brazilian Storm”.
A seleção de candidatos para essa espécie de workshop do surf começou na internet. Vídeos com as manobras mais incríveis foram votados, e dentre eles, um grupo de jurados escolheu aqueles que iriam participar do Surf Camp, na praia de Itamambuca, em Ubatuba, litoral norte de São Paulo.
Ubatuba, litoral norte de São Paulo.


Lá, além deles, Adriano Souza, o Mineirinho, e Shane Beschen, o surfista do Heat Perfeito (3 ondas, 30 pontos), campeões do esporte, marcaram presença como treinadores dos meninos. “Na minha época não tive auxílio de grandes marcas e pessoas para me direcionarem. Fico muito feliz de poder fazer parte de um projeto desse porte”, contou Mineirinho.
O Surf Camp é um workshop onde eles passam três dias surfando e sendo avaliados. A ideia do projeto – que já passou pela Austrália, Costa Rica, Califórnia e que  agora chegou ao Brasil – é reunir a molecada e juntos fazerem sessões de surf , aperfeiçoar manobras e, mais que isso, aprenderem a se virar em surftrips, com tarefas básicas do dia a dia, como cozinhar, conviver com amigos, passar um tempo longe da família e o melhor de tudo… surfar muito!!!
Filho do experiente Wagner Pupo, Samuel Pupo segue o dna surfista da família
Dentre os atletas mirins, Samuel Pupo faz parte da crew e representa a família Pupo mostrando que a água do mar corre nas veias. Com pai, irmã e irmão surfistas, Samuel veio para comprovar que a família inteira respira o mar.
Para os organizadores do projeto, essa ideia de olhar os novos talentos que vêm por aí, é algo que faltava no surf. Investir em novas promessas e potenciais do mundo todo, em crianças que já amam o mar e são cheios de talento, atitude e vontade de ser um surfista profissional.
Já para as crianças, ser selecionado e poder pegar onda com grandes atletas, como o Mineirinho, e ainda receber dicas de manobras e feedbacks de ícones do surf é quase um sonho.
Dedicados, focados e cheios de vontade, a garotada se divertiu e aprendeu muito nesses dias de acampamento. Toda a sorte para essa galera que desde cedo quer desbravar os cinco oceanos e mostrar o que são capazes de fazer com uma prancha nos pés.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname