terça-feira, 11 de junho de 2013

Sununga, pico sinistro




Por Renato Galvão

Quando eu era criança, frequentava a praia com os amigos. Brincávamos de pegar jacaré e jogar sonrisal, mas, nunca imaginei a possibilidade de surfar.

Clique aqui para ver as fotos

A galera pegava onda havia muito tempo no pico, caras como Caixa d'água, Burucutu, Pinóia, Capeta e alguns outros locais das antigas. Estes malucos foram os pioneiros.

Sununga, Ubatuba (SP), é uma praia pequena, conhecida pelo turismo e pela sua beleza natural. Além de contar com a famosa gruta que chora. 

É uma praia linda, com um charme muito especial. O pico recebe ondulação de Sul e Sudeste, mas não é sempre que tem altas ondas. Vale lembrar, que é um lugar muito perigoso.






A onda explode no paredão de pedras que fica no canto direito da praia, produzindo uma onda lateral para direita. Quando ela volta, se encontra com a próxima e faz um triângulo animal. É muito louco!. 

Você vem em uma onda de meio metro e logo ela se transforma em um tubo de 2 metros com a areia. 

Se vacilar, certeza que vai sair rolando e comer areia. 

A onda segue paralela à praia, proporcionando algumas sessões de tubos e manobras.

Vale lembrar, que a galera do skimboard domina o pico, uma galera muito gente fina, que treina praticamente todos os dias. 

Tem que tirar o chapéu para os garotos, os caras surfam muito e pegam altos tubos!

Quero mandar um abraço para a galera da Auskin e aos amigos da praia do Lázaro e da Sununga. 

Parabéns  também para os locais Renato Lima e Leandro Azevedo, que representaram Ubatuba com um show de surf e foram terceiros colocados na etapa do mundial skimboard que rolou na Sununga.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comments system

Disqus Shortname